Na manhã desta sexta-feira, 04 de outubro, servidores da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) deram a largada ao processo de autoconhecimento, com o início do Programa de Atenção, Reconexão e Equilíbrio (Pare), desenvolvido pelo comunicador social e terapeuta comunitário Gustavo Almeida, ou Guga Zen, como prefere ser chamado. Organizado pela Gerência de Gestão de Pessoas (GPP), por meio da Coordenadoria das Ações de Desenvolvimento de Pessoas (CDP), a agenda do “Pare” na SCGE será mensal, ocorrendo sempre na primeira sexta-feira do mês. A proposta é que os servidores incorporem a técnica não somente no ambiente de trabalho, mas também no seu cotidiano.

Usando técnicas de meditação, ele levou o grupo a refletir sobre as ações diárias que o mesmo executa de forma individual; e a contemplar a vida em coletividade. Tudo em prol do bem-estar do corpo e da mente, gerando, consequentemente, um melhor desempenho na rotina de trabalho e na vida social. “É preciso parar e, sobretudo, analisar as repetições que muitas vezes atrapalham o cotidiano. O ‘Pare’ é o que cada um deve fazer no dia a dia, permitindo, assim, sempre se reconectar consigo mesmo”, disse Guga Zen.

“Meditar é um convite a reencontrar a nossa natureza primordial, que é a liberdade. Não contemplar essa natureza gera adoecimento físico, emocional e psicológico”, complementou. A programação, que trouxe uma conversa inicial e uma atividade prática, foi encerrada com todos juntos, abraçados e em formato de círculo, executando movimentos de um pêndulo – vai e vem. Uma demonstração simbólica de que mesmo balançando, unidos sempre é possível ultrapassar os obstáculos da vida.

Compartilhe: