Este ano, foram cerca de 60 mil manifestações, alcançando um percentual de resolutividade (quantitativo de demandas respondidas) de mais de 85%

A Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) chega aos oito anos com um atendimento de excelência e se firmando como um grande instrumento de cidadania. Este ano, foram cerca de 60 mil manifestações, alcançando um percentual de resolutividade (quantitativo de demandas respondidas) de mais de 85%. Através do telefone (162) ou da internet, nos sites www.ouvidoria.pe.gov.br ou www.scge.pe.gov.br, o cidadão pode solicitar informações, fazer denúncias, reclamações, elogios e sugestões.

Além disso, a OGE, que sempre ocupou uma posição de destaque no país, alcançou o percentual de 95% de certificação da rede de ouvidores, o que atesta a eficiência desta ferramenta de participação da gestão pública. Hoje, a rede é composta por 60 ouvidorias, que são coordenadas pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), através da OGE. Para comemorar a data, os ouvidores da Rede Estadual e convidados, reuniram-se na última sexta-feira (14.10), no auditório da SCGE, para receber os certificados da Associação Brasileira de Ouvidores (ABO).

O Secretário da Controladoria-Geral e Ouvidor-Geral do Estado, Ruy Bezerra, deu as boas-vindas aos presentes e destacou o compromisso do Governo com a Ouvidoria. “É através da Rede de Ouvidorias que o cidadão pode exercer seu direito e contribuir de forma direta com a melhoria da gestão e dos serviços oferecidos à sociedade. O Governo trabalha com uma gestão participativa e transformadora e para isso precisa ouvir as necessidades e manter um diálogo permanente com a população”, ressaltou.

DSC03055

Ainda de acordo com Ruy Bezerra, Pernambuco já dispõe de um serviço de ponta, e o aperfeiçoamento da qualidade desse serviço é uma das diretrizes do Governo Paulo Câmara. “A certificação, por exemplo, contribui para a melhoria dos serviços prestados ao cidadão. É importante manter a rede atualizada, porque as demandas tendem a evoluir e a ouvidoria precisa estar capacitada para atender”, completou, destacando ainda a necessidade de atender bem e com qualidade, de maneira que o cidadão sinta-se satisfeito e acolhido.

A Diretora de Ouvidoria e Controle Social, Elisa Andrade, destaca que os ouvidores passam por uma capacitação continuada e a Ouvidoria-Geral acompanha diretamente a qualidade da resposta enviada ao cidadão. “O resultado disso é um serviço efetivo e um atendimento humanizado. A dedicação e o comprometimento dos ouvidores é fundamental para o exercício pleno da cidadania pelo cidadão pernambucano por meio da Ouvidoria”, comentou a diretora.

A assistente de ouvidoria da Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, Aparecida de Lourdes, foi uma das profissionais que recebeu o certificado. “Para atender o cidadão com qualidade, precisamos ter conhecimento. Além disso, o ouvidor precisa ter sensibilidade para se colocar no lugar de quem está do outro lado, dando, desta forma, o direcionamento correto para a demanda”, comentou.

Compartilhe: