Algumas das boas práticas desenvolvidas pelas Unidades de Controle Interno (UCIs) dos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual foram apresentadas e discutidas na manhã desta quarta-feira, dia 20, no auditório da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), no bairro do Espinheiro, Recife, durante o “1o Encontro de Boas Práticas das Unidades de Controle Interno”. A atividade foi aberta pela secretária da SCGE, Érika Lacet, e pela diretora de Monitoramento, Avaliação e Controle (DMAC/SCGE), Elisângela Lôbo.

“Espero que este seja o primeiro de vários outros encontros para demonstrar as principais experiências exitosas realizadas em cada unidade do Estado. Esta é uma boa oportunidade de trocar ideias e conhecimentos. Desejo que nas próximas reuniões, tenhamos um compartilhamento ainda maior de ações e iniciativas, o que é muito enriquecedor para o debate”, frisou a secretária.

O evento, que reuniu mais de 40 representantes das Unidades de Controle Interno da administração pública do Estado, teve como primeira apresentação o case da implantação de ações de controle interno na Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur). A temática foi abordada pela diretora de Convênios e Regularidade (DCON/SCGE), Thaís Oliveira, responsável pela realização desse trabalho na Setur.

Em sua explanação, ela falou de sua experiência quando, em 2016, cedida pela SCGE, realizou atividades de controle interno na pasta. Trabalho concluído, Thaís mostrou aos gestores da época, a importância de manter uma estrutura de pessoal para monitorar e, consequentemente, aperfeiçoar as ações da secretaria de forma transparente.

Na sequência, foram apresentadas as boas práticas desenvolvidas pelas equipes das secretarias de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e de Infraestrutura e Recursos Hídricos (Seinfra); da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa); do Complexo Industrial e Portuário de Suape; e da Junta Comercial do Estado de Pernambuco (Jucepe).

A assessora especial de Controle Interno da Seinfra, Daniele Cavalcanti, destacou que o encontro a possibilitou perceber que a secretaria, apesar de ter sido criada apenas no início deste ano, está no caminho certo no desempenho de boas práticas. Ela destacou, ainda, que dentre as ações já realizadas na Seinfra, estão o desenvolvimento de checklist com os pontos de controle de cada área e a aplicação de questionário que gerou um relatório de recomendações, com atividades já implementadas.

Ao final do encontro, os representantes da Seduh, Seinfra, Compesa, Suape e Jucepe receberam o “Selo de Boas Práticas”, como forma de reconhecimento da SCGE pela contribuição das instituições convidadas para a melhoria efetiva da gestão pública.

Compartilhe: