Ouvidorias que se destacaram em 2016 recebem menção honrosa

Ouvidorias que se destacaram em 2016 recebem menção honrosa

posted in: Notícias | 0

Os resultados alcançados pela Rede de Ouvidorias do Poder Executivo Estadual mantêm Pernambuco em destaque no cenário nacional e atestam a qualidade dos serviços prestados ao cidadão. Como reconhecimento pela dedicação e trabalho, uma menção honrosa foi entregue às três unidades com os melhores desempenhos de 2016. Destacaram-se as ouvidorias do Porto do Recife, do Instituto de Recursos Humanos (IRH) e da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (SEMPETQ). O reconhecimento foi feito nesta quarta-feira (29.03), durante a primeira reunião de monitoramento da rede, realizada pela Ouvidoria-Geral do Estado (OGE), unidade ligada à Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE).

A honraria foi entregue pelo Chefe de Gabinete da SCGE, Daniel Penaforte, que, na ocasião, representou o Secretário e Ouvidor-Geral do Estado, Ruy Bezerra. “O cidadão pernambucano conta hoje com uma Rede de Ouvidoria eficiente e de referência nacional. Todos os resultados são frutos do comprometimento e dedicação de todos. Essa homenagem é um reconhecimento pelo serviço de excelência prestado à sociedade”, destacou.

A Rede de Ouvidoria tem um percentual de resolutividade (demandas atendidas dentro do prazo) de 83,60%, e conta com 95% dos ouvidores da rede certificados, o que atesta a eficiência do instrumento de participação da gestão pública, capaz de assegurar o pleno exercício da cidadania. São 60 ouvidorias, coordenadas pela SCGE, através OGE.

Ao longo dos anos, o número de registros de manifestações na Rede de Ouvidorias vem crescendo significativamente. Em 2016, o quantitativo de manifestações foi de 99.556, um crescimento de 37%, em relação aos números de 2014 (72.810). As ouvidorias são utilizadas ainda como Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), onde são registrados os pedidos de acesso à informação. Em 2016, foram 929 pedidos, um crescimento de mais de 90% com relação a 2014 (484).

Menção – O critério de escolha das unidades levou em consideração os procedimentos a serem seguidos pelas ouvidorias do Poder Executivo Estadual, estabelecidos na portaria SCGE nº 44/2013. Com base nisso, 17 ouvidorias empataram em 1º lugar, sendo o critério de desempate a melhor resolutividade. “É visível a melhora do funcionamento da Rede de Ouvidorias. Isto pode ser comprovado pela avaliação da qualidade das respostas, que atingiu em 2016 o patamar de 83,7%, um acréscimo de 14,82% quando comparado a 2015.”, ressaltou a Coordenadora da Rede de Ouvidorias, Zélia Correia.